O Talismao
© AGADU
Author: German Bense
O TALISMAO


Eu te vi chorando,
eu vi a chuva cair transformando
a tua divina beleza em pranto e dor.
Eu te vi jogar pelo chao
com desprezo
o anel que um dia foi
o talismao do nosso amor.

Houvesse gostado
me morrer de saudade em teus bracos,
lembrando aquelo que nunca vai voltar,
mais nao procu....rei teu perdao,
ja foi tarde:
ha coisas que nao e facil pedoar.

Na solidao tao triste e so comencei
o eterno caminho ate o anoitecer.
Voce foi minha luz, foi mais que o sol
e que as estrelas,
mais te fiz chorar, te menti, te trai.

No instante final,
ja sem cor, sem falar, sem sentido,
fiquei olhando pro chao, voce pro ceu,
e ja sem chorar, meu amor,
fostes embora
calada, sem nem siquer dizer adeus.